Autor

 

12499766

Um peregrino da vida, pescador de emoções

Sou um pescador, de nobres emoções,
Navegando na imensidade do mar,
O mar do coração e suas aspirações;
Às vezes sob o céu azul, noutras ao luar.

Também um bom cavaleiro viajante,
Pôr terras distantes, do mundo sem fim.
Um Tuareg da paz, caminheiro amante,
Da rubra flor que brota no belo jardim.

Contemplo o rei sol em sua nascente,
Nas colinas do oriente, ele é emblema,
Da esperança que triunfa reluzente.

Do meu destino sou o artífice, o tema,
O escultor, com o cinzel n’alma, ciente
Do labor, de esculpir à fé como lema.

Elias Akhenaton

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s